Bullying e Cyberbullying nas escolas

Ivete Moraes 24/11/2015
Os seres humanos por natureza são dependentes e carentes de seus pares, suscetíveis a cobranças absurdas de serem medianos, ou seja, devem obedecer a um padrão estabelecido pela sociedade, e os que fogem destes padrões “normais”, sejam eles, acima ou abaixo do esperado, são rotulados na maioria de estranhos, ao da mesma espécie, e assim exposto de forma vexatória. Essa situação encontra um ambiente propício em sala de aula e nós, como educadores, devemos orientar nossos alunos a aprender a praticar a empatia, ou seja, colocarem-se no lugar do outro. Isso promoverá o entendimento dos diferentes.

Novo comentário